Esportes

01/08/21 - 10h58

O brasileiro Alison dos Santos se classificou para a final da prova de atletismo dos 400 metros com barreira nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 ao vencer sua eliminatória com o tempo de 47 segundos e 31 centésimos.

Ele melhorou assim seu próprio recorde sul-americano em três centésimos, que havia estabelecido no início do mês passado com 47,34, o que lhe permitiu vencer na etapa de Estocolmo da Diamond League.

Alison bateu o recorde sul-americano cinco vezes desde maio, mostrando que está em constante evolução e que pode lutar contra os favoritos na modalidade.

Com seu grande tempo deste domingo, ele conseguiu uma das duas primeiras colocações que deram acesso direto à final desta terça-feira, sem ter que esperar a repescagem por tempos.

“A gente tá muito confiante para essa competição, treinou bastante. Estamos bem condicionados. Então isso nos dá muita confiança”, disse Alison em entrevista à Rede Globo após a eliminatória.

No geral dos tempos das semifinais, Alison dos Santos fez o segundo melhor tempo, só superado pelo norueguês Karsten Warholm (47,30), atual campeão do mundo e recordista mundial desde o mês passado, quando conseguiu o tempo de 46,70 na etapa de Oslo da Diamond League.

Alison foi mais rápido na semifinal do que outros dois grandes nomes da prova, o americano Rai Benjamin (47,37) e o catariano Abderrahman Samba (47,47).

“Muito feliz com a classificação para a final. A gente estava planejando isso, sonhando com isso, e hoje se tornou realidade”, comemorou o brasileiro.

kn/fbx/aam

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago