Brazil

Bolsonaro implode tucanato e polariza com PT em São Paulo

Fato concreto é o esvaziamento do PSDB, atacado pelo coronavírus lançado contra ele pela Polícia Federal + Lavajato sob orientação do titular do Planalto. Dificilmente, candidatura tucana emplaca, na eleição para a capital. Os tucanos, caindo para segunda ou terceira divisão, ficarão, na disputa paulista, entre Bolsonaro e Lula

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Chicote voltou brabo no lombo de quem já mandou dar. A Lavato, historicamente, serviçal do tucanato, agora, mudou de lado. Está com Bolsonaro, que hoje mandou ela e a PF implodirem o império dos tucanos em São Paulo.

O baculejo em Serra em operações de corrupção com a Norberto Odebrecht pega a curriola toda, pois são mais de 20 anos que age conjuntamente em São Paulo e Minas Gerais, principalmente.

O prestígio político do PSDB, depois dessa, cai a zero.

O governador João Dória vai querer ficar ao lado da velha guarda tucana que reúne Serra, FHC, Aécio Neves, Alckmim, Aloísio Nunes Ferreira, o operador de maracutaias João Preto etc, ou vai implodir todo mundo, para não ser envolvido por Bolsonaro?

Se ficar alinhado com a sujeira tucana pegada, agora, no contrapé pela PF e Lavajato, jamais chegaria ao Planalto, como deseja, em 2022.

Bolsonaro, nesse cenário, afasta tucanos e abre espaço para candidato bolsonarista na eleição municipal.

Seria Datena, que diz uma hora que está com Bolsonaro, outra hora diz o contrário etc?

Polarizará com Tatto do PT?

Candidatura tucana depois dessa detonação geral de Serra e Cia Ltda fica comprometida.

Talvez essa bancarrota tucana já seja do conhecimento de FHC há algum tempo, para justificar, agora, a posição dele de defesa de paciência para com Bolsonaro, descartando impeachment do capitão presidente no movimento FORA BOLSONARO.

Também, se esvazia, completamente, a articulação da direita neoliberal tucana com Ciro Gomes, de centro-esquerda, para formação de frente ampla antibolsonarista.

A implosão de Serra joga balde de água fria no movimento que tem juntado Ciro e FHC, Serra, Alckmin, Aécio, para se oporem ao PT, de um lado, e ir arrastando a situação com Bolsonaro, de outro, até 2022 etc.

Fato concreto é o esvaziamento do PSDB, atacado pelo coronavírus lançado contra ele pela Polícia Federal + Lavajato sob orientação do titular do Planalto.
Dificilmente, candidatura tucana emplaca, na eleição para a capital. Os tucanos, caindo para segunda ou terceira divisão, ficarão, na disputa paulista, entre Bolsonaro e Lula, que deve apoiar Tatto na disputa eleitoral pelo Palácio dos Bandeirantes.

No plano nacional, os tucanos, no Congresso, perderão espaço com a destruição do seu edifício em São Paulo, sua principal base de apoio.
Serra sujou geral o partido.

A tarefa tucana, portanto, agora é dar um jeito de liquidar o atual senador, o mais ligado à política ultraneoliberal de entreguismo nacional.

Os tucanos, fragilizados, com Serra na armadilha da Lajato-PF, vão apoiar quem?

PT ou candidato de Bolsonaro no pleito municipal?

Datena ou Tatto?

O PT gostaria de aliança com o PSDB bichado?

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Football news:

Bayern have scored 36 goals for the season in the Champions League. This is their record
Mueller came in 3rd place for goals scored in the knockout stages of the Champions League. Only Messi and Ronaldo have more
Messi beat Raul to 4th place in the Champions League
Barcelona conceded 4 goals per half in the Champions League for the first time in history
Messi is playing the 23rd match in the 1/4 final of the Champions League. This is a tournament record
Muller has scored 5 goals for Barcelona in 5 Champions League matches
Muller is playing his 113th match in the Champions League. This is a record among Germans