Brazil

Bolsonaro pressionou contra conflito ‘Maria da Fofoca’ entre Salles e Ramos

Jornal GGN – Bolsonaro ficou “estremamente” irritado com a briga da “Maria da Fofoca” entre o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. E, graças a uma pressão do próprio mandatário, é que o conflito foi apaziguado neste final de semana.

As informações são das colunas de Bela Megale e Lauro Jardim, do Globo, que indicam que os esforços para o assunto ser encerrado partiram do próprio presidente.

“Houve interferência de Jair Bolsonaro para que a Ricardo Salles recuasse em seu ataque ao ministro Luiz Eduardo Ramos, a que, na noite de quinta-feira, havia chamado de ‘maria fofoca’ via Twitter”, escreveu Lauro Jardim.

Assim teria Salles feito o pedido de desculpas publicamente, em menos de 24 horas depois de chamar o colega de “Maria Fofoca” no Twitter. Na mesma rede social, o ministro do Meio Ambiente pediu “desculpas pelo excesso” e disse que “para mim, este assunto está encerrado”.

Em seguida, foi a vez de Bolsonaro levar Ramos para um passeio de moto por Brasília, neste domingo (25), para mostrar apoio ao secretário de Governo, que ficou recuado e não recebeu apoio, ao contrário, somente ataques de outros integrantes do governo, após a ofensa de Salles.

“Uma boa conversa apazigua as diferenças. Intrigas não resolvem nada, muito menos quando envolvem questões relacionadas ao País. Eu e [email protected] prosseguimos juntos em nome do nosso Presidente @jairbolsonaro”, respondeu então Ramos, nas redes.

Ainda, segundo Megale, foi Ramos quem saiu mais “arranhado da pancadaria”, fragilizado pela falta de apoio interno, mesmo tendo recebido gestos do Congresso, por Rodrigo Maia, na Câmara, e Davi Alcolumbre, no Senado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Football news:

Holand on substitutions: maybe Favre wants me to score more. More often and faster until replaced
Egypt's al-Ahly won the African Champions League for the 9th time, defeating Zamalek in the final in the Cairo Derby
Tottenham's Vinicius is the Europa League player of the week. He scored 2+1 in the match against Ludogorets
Ex-President of Barca Laporta will take part in the new elections
Antonio Cabrini: Maradona would still be alive if he played for Juventus. The love of Naples was strong but unhealthy
Ferguson on Rashford's charity: Fiction for a young man. He should give me some advice
A Preston player who twice touched an opponent's genitals was disqualified for 3 matches for aggressive behavior