Brazil

Capitão de navio conta o que viu da carga que explodiu no Líbano: 'pensei que fossem fertilizantes'

Boris Prokoshev, comandante do navio Rhosus, que foi apreendido em 2013 ao transportar quase três toneladas de nitrato de amônio que seriam levadas para Moçambique disse acreditar que levava fertilizantes. " Era isso que estava indicado nos documentos", disse

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Depois da tragédia que ocorreu na terça-feira (4) na capital do país, muitos procuram descobrir a causa do evento. Um capitão do navio contou o que sabia.

O porto de Beirute, Líbano, sofreu uma grande explosão na terça-feira (4) à tarde, cujas circunstâncias e causas estão sendo investigadas.

De acordo com Boris Prokoshev, o comandante do navio Rhosus, a embarcação transportava quase três toneladas de nitrato de amônio concentrado de Batumi, Geórgia, para Moçambique e em 23 de setembro de 2013 atracou no porto de Beirute devido a problemas técnicos.

"Pensei que fossem fertilizantes. Achava que o objetivo era fertilizar os campos. Era isso que estava indicado nos documentos", disse o capitão em uma entrevista ao canal russo Moskva 24.

Segundo ele, todas as instalações do navio foram trancadas e as chaves eram guardadas nos serviços de migração no porto. Várias pessoas deviam inspecionar periodicamente o estado do Rhosus.

"Como e o que eles faziam lá, não posso saber", conta. "Mas depois soube que ele [o navio] tinha sido descarregado, o nitrato de amônio foi levado para um armazém sob responsabilidade do Ministério dos Transportes [do Líbano]", disse o comandante do navio.

Em 2014, o navio Rhosus foi detido no porto de Beirute devido a graves violações das regras de operação. Como resultado, o proprietário do navio perdeu o interesse no projeto, a tripulação não recebeu seus salários e a carga permaneceu não reclamada por seis anos na capital libanesa, culminando no evento de 4 de agosto de 2020.

Tragédia nacional

A poderosa explosão que ocorreu em Beirute aconteceu devido ao armazenamento inadequado de 2.750 toneladas de nitrato de amônio, de acordo com as autoridades.

Como resultado da catástrofe, metade dos edifícios da cidade foram danificados, e os hospitais ficaram superlotados devido ao grande número de vítimas. De acordo com dados recentes, mais de 100 pessoas morreram e cerca de quatro mil ficaram feridas. Muitas pessoas ainda estão desaparecidas.

O governador de Beirute Marwan Abboud estimou os danos causados pela explosão em US$ 3-5 bilhões (R$ 15,8-26,4 bilhões). O governo libanês declarou três dias de luto pelas vítimas da tragédia.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Football news:

Conte on 4:3 with Fiorentina: impressed with Inter's attack. We didn't have enough balance, we paid for it
Zidane about 3:2 with Betis: real can get better and will. A difficult game, but we believed in winning until the end
Dest said goodbye to the Ajax players and will fly to Barcelona today (Gerard Romero)
Vidal made his debut for Inter in the match against Fiorentina
Barcelona will only consider Zinchenko if Firpo leaves
The referee after VAR for a foul on Jovic removed defender Betis Emerson
Lampard replaced Kepu, but got 0-3 from West Brom in the first half. Then Chelsea got together and gave a comeback of the weekend: only the pupils scored