Brazil

Covid-19: DF deve receber 49,9 mil doses de vacinas nos próximos dias

As doses serão usadas para dar seguimento à vacinação de pessoas com comorbidades e idosos - (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press )

As doses serão usadas para dar seguimento à vacinação de pessoas com comorbidades e idosos - (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press )

Nos próximos dias, o Distrito Federal deve receber mais 49,9 mil doses de vacinas contra a covid-19 para reforçar a atual campanha de imunização. De acordo com o último informe técnico divulgado pelo Ministério da Saúde, 23, 3 mil doses da AstraZeneca e 26,4 mil da CoronaVac serão enviadas à capital federal nos próximos dias, já considerando a perda técnica de 10%.  

Ainda segundo o documento, as doses da vacina chinesa produzida pelo Instituto Butantan (SP) serão destinadas para a vacinação de pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas e pessoas com deficiência permanente. Já as unidades da AstraZeneca/Oxford virão carimbadas para a a segunda dose nos idosos. 

A CoronaVac foi destinada às grávidas e puérperas após a suspensão do uso da AstraZeneca no DF e em outros estados por indicação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

Questionada, a Secretaria de Saúde local não respondeu se há uma data certa para a chegada das novas doses ao DF. O espaço segue aberto. Segundo o Ministério da Saúde, a distribuição terá início nesta quinta-feira (13/5). 

Football news:

Scotland coach Clarke: There were a lot of good moments during the group stage, but no points scored
England are the most boring group winners in history. Two goals were enough! And at the World Cup, the Italians once became the first even with one
Dalic - to the fans after reaching the Euro playoffs: You are our strength, and we will be your pride
Modric became the youngest and oldest goalscorer in Croatia at the Euro
Czech Republic coach Shilgava: We came out of the group and fought with England for the first place. We got what we wanted
Gareth Southgate: England wanted to win the group and continue to play at Wembley-and it succeeded
Luka Modric: When Croatia plays like this, we are dangerous for everyone