Brazil
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Desenrola conclui leilão com R$ 126 bi em descontos em dívidas

O programa de renegociação de dívidas Desenrola Brasil concluiu o leilão para os credores darem os lances de maiores descontos para renegociação de dívidas negativadas bancárias e não bancárias, como conta de luz, água, varejo, educação, entre outras. O balanço foi divulgado pelo Ministério da Fazenda nesta sexta-feira (29/9).

A abertura desta fase para a população está prevista para o início de outubro. As ofertas serão destinadas para pessoas que ganham até dois salários mínimos ou que estejam inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico), com dívidas de valores atualizados em até R$ 20 mil.

O leilão foi realizado com 654 empresas com dívidas a receber. Foram alcançados R$ 126 bilhões em descontos ofertados, sendo R$ 59 bilhões para dívidas até R$ 5 mil e R$ 68 bilhões para dívidas entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. A média do total de desconto foi de 83%, e a modalidade de cartão de crédito teve desconto médio ainda maior, de 96%.

O volume financeiro que poderá ser renegociado, após descontos, é de RS 25 bilhões, sendo R$ 13 bilhões para dívidas até RS 5 mil e R$ 12 bilhões para dívidas com valor entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. Já o número de contratos de dívidas negociadas pode chegar a 60 milhões — 51 milhões para dívidas até R$ 5 mil e 9 milhões para dívidas acima de RS 5 mil.

Garantia

A prioridade da negociação com a garantia do Fundo de Garantia de Operações (FGO) será para as dívidas com valor atualizado até R$ 5 mil, que poderão ser renegociadas à vista ou em parcelamento.

Já as dívidas que não tiverem acesso ao financiamento com garantia poderão ser pagas na Plataforma, à vista, com o desconto oferecido pelo credor. Nessa etapa, o Desenrola pode beneficiar 32 milhões de pessoas, das quais 21 milhões com renegociação com a garantia do FGO.

Plataforma

A plataforma de negociação será lançada nas próximas semanas para que seja possível renegociar as dívidas com descontos e pagar à vista ou em até 60 meses, com juros de até 1,99% ao mês. Para ingressar na plataforma, é preciso fazer antes o cadastro no Gov.br em contas prata ou ouro. O processo é fácil. É só clicar no link abaixo e seguir as coordenadas.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br