Brazil

Em artigo no Globo, Mike Pompeo acusa a China de perseguir cristãos

Texto do secretário de Estado do governo Trump indica que o discurso de Jair Bolsonaro na ONU sobre "cristofobia" faz parte de uma articulação maior, inserida na disputa entre Estados Unidos e China

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O discurso de Jair Bolsonaro na ONU, em que ele denunciou uma suposta "Cristofobia" no Brasil, no momento em que o País vem sendo corroído pelo fundamentalismo religioso, comandado por pastores-empresários que exploram o bolso de seus fiéis, insere-se também no âmbito da disputa geopolítica entre Estados Unidos e China. Prova disso é o artigo deste domingo de Mike Pompeo, secretário de Estado do governo Trump, em que ele acusa a China de perseguir cristãos.

"A situação dos direitos humanos na China tem se deteriorado severamente sob o regime autocrático de Xi Jinping, especialmente para crentes religiosos. Relatórios confiáveis expuseram o programa do Partido Comunista Chinês (PCC) de esterilizações forçadas e abortos de muçulmanos em Xinjiang, o abuso a padres católicos e leigos e o ataque a igrejas domésticas protestantes — todos parte de uma campanha de 'sinicização' para subordinar Deus ao PCC, enquanto promovem o próprio Xi como divindade ultramundana. Agora, mais que nunca, o povo chinês precisa do testemunho moral e da autoridade do Vaticano para apoiar os crentes religiosos da China", escreveu Pompeo, no Globo.

"A Santa Sé tem a capacidade e o dever únicos de chamar a atenção do mundo para as violações dos direitos humanos, especialmente as perpetradas por regimes totalitários como o de Pequim. No final do século XX, o poder de testemunho moral da Igreja ajudou a inspirar aqueles que libertaram a Europa Central e Oriental do comunismo e os que desafiaram os regimes autocráticos e autoritários na América Latina e no Leste Asiático", prossegue Pompeo.

"Oro para que, ao lidar com o PCC, a Santa Sé e todos os que acreditam na centelha divina que ilumina cada vida humana prestem atenção às palavras de Jesus no Evangelho de João: 'A verdade os libertará'", pontua ainda o secretário de Estado.

Football news:

Hans-Dieter flick: I Hope Alaba will sign a contract with Bayern. Our club is one of the best in the world
Diego Maradona: Messi gave Barca everything, brought them to the top. He was not treated the way he deserved
Federico Chiesa: I hope to leave my mark in Juve. We will achieve great results
The Coach Of Benfica: I don't want us to look like the current Barcelona, it has nothing
Guardiola on returning to Barca: I'm happy at Manchester City. I hope to stay here
Fabinho will not play with West ham due to injury
Ronald Koeman: Maradona was the best in his time. Now the best Messi