Brazil

Feira de Santana comemora aniversário entregando reforma da 1ª casa da cidade

Não dá para fazer aquele belo desfile de escolas pelas ruas e nem festa como todo ano. Com o cenário difícil, Feira de Santana, a nossa Princesa do Sertão, se reinventou para comemorar o seu aniversário de 187 anos de emancipação. Neste 18 de setembro, a prefeitura da cidade deve entregar ao povo a reforma do Casarão Olhos D’Água, imóvel de mais de 300 anos, tido como a primeira habitação erguida no município. 

O espaço, que um dia foi pousada obrigatória de vaqueiros e tropeiros que cortavam os sertões tangendo boiadas, agora abrigará um memorial de Maria Quitéria, heroína da Independência do Brasil, e será também o espaço sede do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana e das academias de Letras, Artes, Educação e Medicina. O casarão será um núcleo de preservação da memória e estímulo à ciência e cultura locais.

Restrita aos membros envolvidos no projeto, a solenidade de inauguração terá hasteamento de bandeiras e execução dos hinos municipal e nacional. A restauração do espaço, situado na Rua Dr. Araújo Pinho, custou mais de R$ 331,6 mil e seguirá sob administração da Fundação Municipal Cultural Egberto Costa. Professor da Uefs e secretário municipal de Planejamento, Carlos Brito falou sobre a importância da data e dificuldade da comemoração deste aniversário sem a possibilidade da tradicional presença das pessoas. 

“O dia da cidade é um marco na vida de todos os cidadãos porque representa nossa emancipação política. Foi a data em que Feira passou a ter um status diferente, a chamar a atenção no Brasil Império. Nós tivemos a visita do imperador Dom Pedro II, que veio ver o tal comércio pujante. A partir daí, Feira desenvolveu a sua economia no comércio do gado e foi passando por etapas até que se tornou um grande polo comercial, sendo o maior do interior do Nordeste”, relembra Brito.

A data de emancipação foi decretada feriado na cidade. Mas só nas repartições municipais. O comércio? Aberto, é claro. Não fosse pela pandemia de coronavírus, que, aliás, chegou na Bahia primeiro por lá, a celebração deste dia incluiria ainda distribuições de comendas a pessoas que se destacaram em suas atuações, como historiadores, médicos, e demais contribuintes para a história e o desenvolvimento do município. 

O nome de Feira de Santana remonta à história do casal considerado fundador da cidade, o fazendeiro Domingos Barbosa de Araújo e sua esposa Anna Brandoa. Foram eles que ergueram o dito casarão, na então Fazenda Olhos D’Água, onde construíram uma capela em homenagem à Senhora Sant’Anna, mãe de Maria Santíssima e santa da qual eram devotos.

  Nascia ali um ponto de passagem, um meio do caminho para o porto de Cachoeira, no Recôncavo, que era também uma das cidades mais importantes da época. Com o comércio de gado forte na fazenda de Domingos, surgiu junto uma feira esporádica e dali foram-se abrindo ruas largas, que mais tarde deram espaço a casas comerciais a fim de atender as demandas de todo o público que cruzava os sertões. Com uma população estimada em quase 620 mil pessoas, Feira é hoje a segunda maior cidade da Bahia e a 11ª mais populosa de todo o Nordeste.

Football news:

Salzburg coach Marsh: Atletico are no different from Lokomotiv in their style of play. The difference in the level of players
Bartomeu and his Directors can resign tomorrow if the vote of no confidence is not postponed
Luka Modric: would Exchange the Golden ball for Croatia winning the world Cup
We've taken apart Bale's Golf skills with the pros. It seems that Gareth trains 15 hours a week
Alli was not included in Tottenham's bid for the match against Burnley, although he is not injured
ISCO: Zidane changes me in the 50-60th minute or even at half-time, and releases me in the 80th
Pirlo on Ronaldo's optimal position: Start from the left inside and move to the center. He can play alongside Morata or Dybala