Brazil
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Fraudes no auxílio-reclusão entram na mira de operação da Polícia Federal

A Polícia Federal cumpriu, nesta quinta-feira (28/9), três mandados de busca e apreensão ligados a uma investigação que apura benefícios previdenciários de auxílio-reclusão que foram reativados de modo fraudulento.

A ação é um desdobramento de prisões em flagrante realizadas pela força-tarefa previdenciária em 25 de abril deste ano, na qual duas pessoas foram presas ao tentar sacar aproximadamente R$165 mil.

Segundo a investigação, o auxílio-reclusão foi solicitado sem a apresentação de documentos necessários e com retroação de data, o que gerou pagamento ilegal do benefício nos últimos cinco anos.

Também há indícios de que foi feito uso indevido de matrículas e senhas de servidores do INSS. A possibilidade é de que isso tenha sido feito com a ação de hackers, para reativação de benefícios sem o devido processo administrativo.

A investigação aponta o possível envolvimento de mais três pessoas de Brasília. Elas teriam planejado e ajudado na execução da ação.

Os investigados responderão por estelionato majorado e associação criminosa, sem prejuízo de eventuais outros delitos a serem apurados no curso das investigações.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br