Brazil

Live de Bolsonaro mostra seu novo show de imbecilidades: sai de cena a cloroquina, volta o nióbio

Dedé, Didi, Mussum e Zacarias

O que mais chamou atenção na live psicótica de Bolsonaro desta quinta não foi a quantidade costumeiramente abissal de estultices, mas a ausência de uma velha obsessão.

Bolsonaro não falou de cloroquina em nenhum momento.

Ao longo de uma hora, deu espaço para os amigos da Jovem Pan fazerem perguntas levantando a bola (Augusto Nunes quis saber dos quilômetros de estrada inaugurada em uma certa BR).

A canequinha de um programa da rádio que lhe serve de veículo de propaganda dá o clima de oba-oba.

Com a possibilidade de ser responsabilizado criminalmente por charlatanismo, ao receitar um medicamento comprovadamente ineficaz contra a covid-19, Bolsonaro gastou seu tempo falando em nióbio e grafeno.

Mais de 200 mil mortos e o imbecil dando risada de ser chamado de genocida.

Também garantiu que o debilóide Ernesto Araújo segue no emprego e que sua relação com a China é maravilhosa.

Nunca descemos tanto. A única certeza com esse bando é que sempre pode piorar.

Football news:

Sociedad coach on the draw with Real Madrid: If we had scored 2-0, everything would have been different. Fair result
Only Raul and Casillas were younger than Vinicius when they played their 100th match for Real Madrid
Zidane on the draw with Sociedad: We lost two points. We had obvious moments in the first half
Wolverhampton defender Kilman is ready to play for the Ukrainian national team. Earlier it was reported that he can choose Russia
Pochettino on the new remontade with Barca: In football, even the unthinkable is possible, but we are positive
Real Madrid snapped a 5-game winning streak with a draw with Sociedad
Neymar is likely to miss the Barcelona game. PSG don't want to take any chances