Brazil

Ministros do STF questionam credibilidade de Cabral contra Toffoli e acreditam em vingança da PF

Dentre os ministros do Supremo, há quem veja na solicitação da PF as digitais do Palácio do Planalto

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agenda do Poder - Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de diferentes alas, ouvidos reservadamente pelo Estadão, nesta quarta-feira (12), ficaram estarrecidos com o pedido da Polícia Federal para investigar supostos repasses ilegais ao ministro Dias Toffoli, do STF, envolvendo a venda de decisões judiciais. Os ministros questionam a credibilidade de Cabral para fazer a denúncia. A tendência da Procuradoria-Geral da República (PGR) é defender o arquivamento do caso.

O pedido da PF, feito com base na controversa delação premiada do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, está sob análise do relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin. Dentro da Corte, há quem veja na solicitação da PF as digitais do Palácio do Planalto ou uma vingança interna contra a troca no comando da instituição. Amigo de Toffoli, o delegado Paulo Maiurino assumiu o comando da PF no mês passado, após o presidente Jair Bolsonaro alterar o primeiro escalão do governo.

Em outra frente, Fachin decidiu enviar para o plenário virtual da Corte um recurso da PGR que contesta a homologação da delação de Cabral. O caso vai ser examinado a partir de 21 de maio na plataforma digital, que permite a análise de casos a distância, sem a necessidade de se reunir pessoalmente ou por videoconferência. Na prática, os ministros vão decidir se mantêm a delação como um todo de pé — ou se a derrubam.

Nos bastidores do Supremo, o pedido da PF foi visto como “muito estranho” e um “absurdo total”. Em conversas reservadas, ministros do STF questionam a credibilidade da palavra de Cabral e destacam que a própria PGR já mandou arquivar inquéritos abertos com base na delação do ex-governador.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Football news:

Liverpool will demand 10 million pounds for Neko Williams. Defender wants to leave to play more often
Andriy Yarmolenko: My career in Europe didn't work out, I have to be honest
Eriksen was fitted with a cardioverter-defibrillator. What is it and can I play football with it?
Lothar Mattheus: Havertz reminds me of Zidane with his technique, skill and vision of the pitch
Ronaldo rose from 10th place to 7th in the ranking of contenders for the Golden Ball according to the version Goal.Com. Kante leads
Head of La Liga: Barcelona has already exceeded the salary cap. I hope Messi will stay, but it will have to cut costs
Capello on Zidane's departure from Real Madrid: No one likes it when the club president doesn't trust you. Sometimes the management thinks that they understand everything better than the coach