Brazil

'O segundo tempo foi desastroso', lamenta Dado Cavalcanti

Técnico do Bahia, Dado Cavalcanti não economizou nas críticas à atuação do time na etapa final do jogo contra o Sport, na noite deste domingo (24), na Ilha do Retiro, no Recife. O comandante tricolor admitiu que a queda de produção após o retorno do vestiário foi determinante na derrota por 2x0 diante da equipe pernambucana. 

"O segundo tempo foi desastroso. Não lembro de um segundo tempo tão ruim em toda a minha vida. Devem ser buscadas as explicações para isso, porém, é um segundo tempo para nós esquecermos. Voltamos muito desatentos, sofremos muita pressão, não tivemos a eficiência necessária de passar por essa pressão e não conseguimos sair jogando. Saliento ainda mais o estado anímico da nossa equipe no segundo tempo. Não fizemos 1/4 do que poderíamos ter feito e isso foi fundamental para o resultado final do jogo", afirmou o treinador, após a partida. 

O Bahia foi dono das principais investidas ofensivas na etapa inicial, mas deixou que o adversário constrísse o placar no segundo tempo, aos 27 e aos 40 minutos, quando Thiago Neves e Maidana balançaram a rede.

"O segundo tempo foi fatal para todas as nossas pretensões. Algumas peças individualmente foram abaixo e coletivamente não tivemos uma eficiência tão grande, defensiva nós fomos frágeis e ofensivamente fomos nulos. Fazer um recorte do primeiro tempo, do que nós produzimos, o Bahia é a equipe do primeiro tempo. Lamento demais o nosso desempenho no segundo tempo e o resultado não poderia ser outro. Uma equipe que não joga e que não marca fatalmente está fadada à derrota e aconteceu hoje", avaliou Dado Cavalcanti. 

O resultado fez o Bahia cair duas posições na tabela e voltar para a zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro. Está na 17ª colocação, com 32 pontos. Já o Sport subiu duas posições e agora é o 14º, com 35 pontos.  

"A derrota foi ruim, pelo confronto direto com um aversário que tem as mesmas pretensões que a gente, talvez pior ainda pelo rendimento do segundo tempo. O primeiro tempo foi bom, mas o segundo tempo foi desastroso. Isso traz peso, mas traz também cobranças internas para que a gente busque também as forças, para que nossos atletas também se cobrem internamente, pra que a gente consiga entender o que aconteceu hoje e vamos dar a volta por cima nas próximas partidas", projetou o treinador

O Bahia volta a campo na quinta-feira (28), às 19h, contra o Corinthians, na Fonte Nova, em jogo atrasado, válido pela 30ª rodada da Série A do Brasileiro. "A minha confiança é a mesma. A gente fica furioso com tudo que aconteceu aqui hoje. É ter tranquilidade nesse momento, continuar fazendo o trabalho que tem que ser feito, levantar a cabeça, buscar as forças necessárias para fazer um jogo totalmente diferente do que foi o nosso segundo tempo contra o Sport", afirmou Dado Cavalcanti.

Football news:

Cavani has returned to training and is likely to play against Crystal Palace
Fabio Capello, Juventus played Rugby against the Port. Only Ronaldo and Chiesa can make a difference in this squad
Neymar: I posted how I was recovering from my injury, and I didn't get any messages saying, Wow, what a professional. No
Ole Gunnar Solscher: The work of the judges is very difficult and without additional pressure. We have to make their decisions
Joan Laporta: I'm sure Messi won't stay at Barca if I don't win the election. He gives the club 30% of revenue
Trent had idolized Gerrard since he was a kid, and he was in a fairy tale: he got Steven's care and the captain's armband. The story of a great relationship
Hazard's recovery from the injury is delayed. He probably won't play against Atletico on March 7