Brazil

Opinião: solução chinesa mostra a responsabilidade de um grande país

Ao longo destas cinco décadas, a China, como um membro do Conselho de Segurança, tem desempenhado papeis importantes na defesa da posição da ONU e na promoção da governança global

Siga o Brasil 247 no Google News

Rádio Internacional da China - “No momento de enfrentar de novo uma encruzilhada, a tendência de paz, desenvolvimento e progresso da humanidade é incontível.” O presidente chinês, Xi Jinping, participou, no dia 21, do Debate Geral da 76ª Assembleia Geral das Nações Unidas por meio de videoconferência e proferiu um discurso importante na ocasião.

Este ano marca o 50º aniversário da retomada do assento legal da China na ONU. Ao longo destas cinco décadas, a China, como um membro do Conselho de Segurança, tem desempenhado papeis importantes na defesa da posição da ONU e na promoção da governança global. Hoje, frente à mudança de século e à pandemia, como alcançar a paz e o desenvolvimento? A China deu sua solução.

Segundo o presidente chinês, precisamos superar a pandemia, pois está relacionada ao futuro da humanidade. Ao mesmo tempo, temos que recuperar a economia e promovê-la de forma robusta, verde e sadio. Ele também ressaltou a importância da união e a prática do conceito de relações internacionais caracterizada pelo respeito, cooperação e ganhos mútuos, além de aperfeiçoar a governança global e praticar o verdadeiro multilateralismo. Xi Jinping respondeu às questões mais importantes e urgentes que o mundo enfrenta atualmente. Sua opinião não só reflete o pedido comum dos países em desenvolvimento, mas também dá uma “prescrição chinesa” à melhoria da governança global.

A pandemia agravou a desigualdade entre os países em desenvolvimento e fez com que a recuperação econômica global enfrente o desiquilíbrio. Ao mesmo tempo, a nova revolução industrial trará novas oportunidades para o desenvolvimento destes países. Nesse contexto, o líder chinês formulou pela primeira vez uma iniciativa de desenvolvimento mundial, pedindo para se priorizar o desenvolvimento, ter o povo como centro, beneficiar e incluir todos, promover o desenvolvimento movido pela inovação e coexistir harmoniosamente com a natureza.

Para apoiar o desenvolvimento comum, a China não fica apenas no conceito, mas também age na prática. Xi Jinping anunciou que a China fornecerá uma assistência internacional no valor de US$3 bilhões nos próximos três anos, apoiará com grande esforço os países em desenvolvimento na produção de energia verde e não construirá novos projetos de energia a carvão no exterior, ações as quais foram elogiadas pelo secretário-geral da ONU, António Guterres.

As opiniões e as medidas declaradas pelo presidente chinês no Debate Geral da Assembleia Geral da ONU provam que a China sempre foi um construtor da paz mundial, um contribuinte do desenvolvimento global, um defensor da ordem internacional e um provedor de bens públicos, e certamente trará novas oportunidades ao mundo com seu próprio desenvolvimento.

Traudção: Florbela Guo
Revisão: Erasto Cruz

Football news:

And to show what a donkey kick is in football? 50 Years ago in England they scored the best goal of the season
Sulscher on Ferguson's words about Ronaldo: We all want to see Cristiano on the pitch because of his uniqueness. But he can't play in every match
Pep on the requirement to stay on top: People judge me not by trophies, but by what will happen tomorrow
Joan Laporta: The Super League is alive, it will replace the Champions League. Juve, Real Madrid and Barcelona continue to win in the courts
Karim Benzema: Clasico remains the best match in football. It doesn't matter which players are playing
In favor of PSG, after the VAR, they awarded a penalty for playing with their hand. Perhaps Icardi had fouled before
Arsenal defender White: I don't watch football. All I want when I come home is not to think about him