Brazil
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Raia é encontrada morta em praia com máscara contra Covid presa em focinho

Uma raia foi encontrada morta com uma máscara contra a Covid-19 presa no focinho. O equipamento, descartado irregularmente no mar, pode ter sido a causa da morte do animal. O caso aconteceu em fevereiro na Praia da Enseada, no Guarujá, em São Paulo. Mas só foi divulgado pelo Instituto Gremar nesta semana.

Segundo a Organização não governamental (ONG), é provável que a raia tenha se prendido acidentalmente ao artefato, à deriva no mar. "Além do ferimento, a máscara pode ter interferido em sua natação e alimentação, possivelmente levando-a ao óbito", explicaram especialistas do Instituto Gremar.

Ao alertar sobre o perigo do descarte de lixo irregular no mar, a ONG frisou que essa não foi a primeira morte provocada em um animal marinho por causa de máscara. Em setembro de 2020, um pinguim-de-Magalhães morreu ao ingerir material semelhante.

"Cerca de 80% do lixo encontrado no mar é gerado pelo descarte inadequado de resíduos produzidos em ambiente terrestre. Uma vez em ambiente marinho, eles possuem grande capacidade de dispersão, o que traz diversos impactos não só para o ecossistema, mas para a qualidade de vida humana!", alertou o Instituto Gremar.

O TEMPO Newsletters

As principais notícias de Minas, do Brasil e do mundo. Inscreva-se agora, é de graça!

Obrigado por se inscrever!

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!