Cape Verde
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

3 de Maio: Conferência, entrega dos prémios PNJ 2022 e Gala Liberdade de Imprensa marcam efeméride 

Para assinalar o 3 de Maio, Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, estão previstas várias actividades, na Cidade da Praia, ao longo do dia, com foco numa conferência, entrega dos prémios do PNJ 2022 e uma Gala de Liberdade de Imprensa, à noite na Assembelia Nacional. 

A gala, às 20h, é o ponto alto das comemorações do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, e foi pensada para homenagear e reconhecer profissionais de Comunicação Social com mais de 30 anos de serviço, “pelo percurso e pelo contributo que deram em prol do jornalismo em Cabo Verde”, conforme avança a AJOC.

“Elegemos este evento como o ponto mais alto, por ser um momento de união da classe, muito necessária nos dias que correm, em que é preciso chamar todos os jornalistas para junto da AJOC, por forma a sermos uma associação cada vez mais unida e forte”, apela a associação.

Na mesma gala será lançada uma campanha de solidariedade a favor do colega e veterano Valdir Alves, que passa por momentos difíceis nos Estados Unidos da América. Inclusive, os bilhetes custam 500 escudos e a bilheteira reverte a favor do referido jornalista.

A gala conta com a atuação de artistas como Manel de Candinho, Mindela Soares, Sandra Horta, Brás de Andrade, Zé Rui de Pina, George Tavares, entre outros.

Outras actividades

Não menos importante, antes da gala, é o início das comemorações do 3 de Maio, que arranca com uma conferência  sobre “Mais Liberdade & Melhor Democracia”, que arranca às 8h30 na Presidência da República, promovida pela ARC, com o alto patrocínio da Presidência, e apoio da UNESCO e AJOC.

Às 17h da tarde, já na Sede da AJOC, serão entregues os prémios do Prémio Nacional de Jornalismo (PNJ 2022), numa cerimónia presidida pela Ministra da PresidÊncia do Concelho de Ministros, Filomena Gonçalves.

PUB