Cape Verde
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Reino Unido volta a dominar mercado emissor de turistas para Cabo Verde

Entre janeiro e março, os estabelecimentos hoteleiros do país acolheram cerca de 141 mil hóspedes, mais 1 071,0% ( mil e setenta e um por cento) do que no período homólogo de 2021. O Reino Unido voltou a ser, de novo, o principal mercado emissor de turistas. Recorde-se que o ano passado, por essa altura, ainda estávamos a passar por um período de pandemia com inúmeras restrições.   

Os dados da movimentação de hóspedes relativos ao primeiro trimestre de 2022, revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) mostram ainda que as dormidas atingiram mais de 844 mil, no mesmo período, traduzindo-se numa variação positiva de 2 908,2%, em relação ao 1º trimestre de 2021.

Se atentarmos a análise por tipo de estabelecimentos, verifica-se que os hotéis continuam a ser os
estabelecimentos hoteleiros mais procurados, representando 92,3 % do total das entradas. Seguem-se as residenciais com cerca de 3,2% e as pensões com 2,2%. 

Relativamente às dormidas, os hotéis dominam, igualmente, e representam 97,0%, as residenciais 1,2% e as pensões com 0,7%.

Sal, a mais procurada 

A maior porta de entrada de turistas no país, a ilha do Sal, passou a ter maior acolhimento, com 47,9% do total das entradas, seguida da ilha da Boa Vista, com 28,5% e Santiago com 11,9%. 

O mesmo se passa em relação às dormidas, onde Sal domina com 53,6%, Boa Vista com 38,5% e Santiago com 3,6% das dormidas dos turistas que nos visitaram no 1º trimestre do ano. 

Reino Unido domina mercado emissor 

No que toca ao principal mercado emissor de turistas, o Reino Unido voltou à liderança entre janeiro e março deste ano,  com 32,7% do total das entradas.

Em segundo lugar e terceiro lugares, neste período de chamada época alta, vem a Alemanha com 11,6% e Países Baixos com 10,3%, respectivamente. França ocupa o quarto lugar com 8,0%. 

Relativamente às dormidas, o Reino Unido também domina com 34,1% do total, seguido de Alemanha, Países Baixos e França com 13,7%, 12,1% e 5,7%, respectivamente.

De notar ainda que apesar do Reino Unido dominar o mercado emissor, no período em análise, os turistas da Alemanha foram os que permaneceram mais tempo em Cabo Verde, com uma estadia média de 7,0 noites.

PUB