Portugal

Biden chegou à Sala Oval e riscou o legado do “trumpismo” com uma caneta

Presidente norte-americano assina 17 decretos para desfazer as decisões mais emblemáticas do seu antecessor, incluindo a construção de um muro na fronteira com o México. Ao mesmo tempo, voltou pôr os EUA nos Acordos de Paris e impôs o uso de máscara nos edifícios do Governo.

Joe Biden assinou 17 decretos presidenciais no seu primeiro dia como Presidente LUSA/Doug Mills / POOL

Grande parte dos quatro anos de mandato de um Presidente pouco interessado em fechar acordos no Congresso norte-americano – o único sítio onde os desejos e as promessas se transformam em leis duradouras – foi varrida da memória em poucas horas, assim que Joe Biden entrou na Sala Oval da Casa Branca. Com o poder da caneta, o novo Presidente dos EUA desfez muitas medidas emblemáticas do “trumpismo”, como a construção de um muro anti-imigração na fronteira com o México e a proibição da entrada nos EUA de cidadãos de países de maioria muçulmana.

Email marketing por

E-goi

Football news:

Cavani on football: England is no better off than France or Portugal. French team - one of the last finalists of the Champions League
Carlo Ancelotti: I want to be at Everton when the new stadium opens. I'm very happy at the club
Dimitar Berbatov: Mbappe is the main candidate for the Golden Ball this year. He and Holand will take the throne of Messi and Ronaldo
Real Madrid expect Benzema to return for the match against Atletico Madrid on March 7
Henri left Montreal: The separation from the children is burdensome. Forced to return to London
Hames on returning to Real Madrid: No one wants to see me there anymore. This is part of football
Real Madrid is the only club from Spain to win the first leg of the 1/8 final of the Champions League