Portugal

Condenação à morte de dois ativistas na RDCongo está indignar as ONG

Num comunicado, a Plataforma para a Proteção dos Denunciantes em África (Pplaaf) denunciou "a sentença de morte por contumácia na RDCongo" de dois ativistas que está a proteger "durante um julgamento falso" e na sua ausência.

Na RDCongo, existe, desde 2003, uma moratória sobre a aplicação da pena de morte.

Em julho, a Pplaaf e a ONG internacional anticorrupção Global Witness revelaram que um milionário israelita com ativos mineiros no Congo, Dan Gertler, "terá utilizado uma rede de lavagem de dinheiro, que se estende desde a RDCongo até à Europa e Israel, para fugir às sanções dos Estados Unidos da América contra ele".

As duas ONG afirmaram que Gertler, que era próximo do ex-presidente Kabila, tinha "aberto contas bancárias nas agências congolesas do Afriland First Bank, sediado nos Camarões".

O Afriland First Bank apresentou imediatamente uma queixa ao Ministério Público de Paris (sede da Pplaaf) por "roubo de documentos, violação do segredo bancário, falsificação e utilização de documentos falsos, denúncia caluniosa, tudo num gangue organizado".

"Não se pode pretender combater a corrupção recorrendo ao suborno", disse o advogado francês do banco, Eric Moutet, numa conferência de imprensa em Kinshasa, no final de fevereiro.

Nessa data, dois antigos funcionários do Afriland First Bank, Gradi Koko Lobanga e Navy Malela, revelaram que estavam por detrás daquele alerta, de acordo com o comunicado de imprensa da Pplaaf.

"É escandaloso que dois indivíduos, trabalhando corajosamente pelo interesse comum, tenham sido condenados à morte, sem sequer terem tido a oportunidade de serem ouvidos ou defendidos", afirmaram 14 organizações pertencentes à rede Congo Não Está à Venda (CNPAV) num comunicado.

Colocado sob sanções americanas em 2017, Gertler foi acusado de ter causado perdas para a RDCongo de "1,36 mil milhões de dólares em receitas fiscais" nos anos 2010, ao subestimar o valor dos ativos mineiros e petrolíferos adquiridos através de processos fraudulentos, durante a presidência de Joseph Kabila, de quem era próximo.

Em dezembro de 2020, durante os últimos dias da administração norte-americana de Trump, o Departamento do Tesouro dos EUA emitiu uma licença que autorizava Gertler a fazer negócios nos Estados Unidos e com bancos americanos.

Leia Também: Parlamento vai discutir voto de pesar pela morte de embaixador italiano

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Football news:

Man City have agreed to transfer 17-year-old winger Fluminense Kaiki for 12 million euros
Fonseca on 1:1 with Atalanta: Roma was better in the second half and showed character
Five years ago, esports was building its own Super League. The project failed due to the dissatisfaction of the players
Keylor Navas is the best Ligue 1 player in March
Rodgers on 3-0 with West Brom: Leicester can play much better
Sorokin on the additional Euro matches in St. Petersburg: The decision should be made at the political level. While it is not accepted
Gasperini on 1-1: Atalanta should have beaten Roma