Portugal

Covid-19: China entrega mais material médico à Guiné-Bissau

"Este lote que o Governo da China oferece hoje inclui 1.000 'kits' de teste, 15.000 máscaras especiais N95, 150.000 máscaras cirúrgicas médicas, 5.000 batas médicas, 7.000 óculos de proteção, 7.000 luvas cirúrgicas e 3.000 capas de sapatos descartáveis", afirmou o embaixador da China na Guiné-Bissau, Jin Hong Jun.

Na cerimónia, Jin Hong Jun lembrou que a pandemia "apanhou todo o mundo de surpresa" e está a provocar "enormes prejuízos" a nível mundial.

"Perante este desafio sem precedentes o único caminho a percorrer é, sem dúvida, o da solidariedade, o de darmos as mãos para enfrentar esta pandemia, este inimigo comum", disse.

A Alta-Comissária para a Luta Contra a Covid-19 na Guiné-Bissau, Magda Robalo da Silva, agradeceu o apoio num "momento em que o povo da Guiné-Bissau precisa de solidariedade internacional".

"A oferta vai ser utilizada e gerida da melhor forma possível. Nós estamos perante uma pandemia cuja data do fim é desconhecida. Não sabemos durante quanto tempo ainda vamos estar a responder ao vírus", disse.

Magda Robalo da Silva destacou também que a pandemia revelou as "desigualdades tremendas no interior de cada país, mas também entre os países a nível mundial".

"Esperamos que outros parceiros se possam juntar à China e estender o esforço da solidariedade à Guiné-Bissau", disse.

Em abril, a China entregou um primeiro lote de apoio com material médico às autoridades guineenses.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 445 mil mortos e infetou mais de 8,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 7.197 mortos confirmados em mais de 267 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (1.664 casos e 32 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.492 casos e 15 mortos), Cabo Verde (782 casos e sete mortos), São Tomé e Príncipe (683 casos e 12 mortos), Moçambique (651 casos e quatro mortos) e Angola (155 infetados e sete mortos).

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 955 mil e 46.510, respetivamente), depois dos Estados Unidos.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Football news:

Barcelona played the best match at Setien. Even Griezmann scored: a perfect parachute after a heel pass from Messi
Arsenal have nothing to celebrate, they have to take every opportunity. Mourinho responded to the gunners' joke about Tottenham
Kike Of Setian: I understand less and less VAR
MATIC has extended his contract with Manchester United until 2023
With the death of Morricone, part of the world's cinema goes. De Laurentiis on the composer
Josep Bartomeu: Setien is doing a great job. We have full confidence in him
Pique on La Liga: Barca do not like to fall behind, but we have made every effort to change the situation