Portugal

Dortmund nos 'oitavos' e Paris Saint-Germain ganha 3-1 em Manchester

O vice-campeão da Europa de futebol, o Paris Saint-Germain, impôs-se hoje por 3-1 em casa do Manchester United, complicando a vida aos 'red devils', numa quinta jornada da Liga dos Campeões que qualificou o Borussia Dortmund.

Com o campeão em título Bayern Munique (Grupo A), o Manchester City e o FC Porto (C), Liverpool (D), Chelsea e o Sevilha (E), o FC Barcelona e a Juventus (G) já com um lugar cativo na ronda dos 16 melhores da Europa, hoje foi a vez dos germânicos, que empataram 1-1 em casa com a Lázio, com golo do português Raphael Guerreiro.

No jogo grande do dia, no grupo H, o Manchester United de Bruno Fernandes perdeu por 1-3 com o Paris Saint-Germain de Danilo, obrigado a vencer para não chegar à última ronda a depender de terceiros: levou os três pontos e complicou o futuro do United na prova, pois os rivais ficaram igualados em pontos com Leipzig, que receberá os 'red devils' no desafio decisivo.

Os parisienses adiantaram-se aos seis minutos, com Neymar a aproveitar um ressalto e, com pouco ângulo na direita, a marcar, vantagem anulada aos 32, com Rashford, na área, a rematar e Danilo, infeliz, a desviar ligeiramente o curso da bola.

Cavani e Marquinhos empataram as equipas com bolas à trave, porém o brasileiro colocaria os forasteiros na frente aos 69, concluindo um lance algo confuso.

A expulsão do brasileiro Fred, no minuto seguinte, por acumulação de cartões amarelos, complicou ainda mais a missão dos ingleses, que viram Neymar bisar aos 90+1.

Manchester United, Paris Saint-Germain e Leipzig estão empatados com nove pontos, mas os alemães, que ganharam por 4-3, já nos descontos, na visita ao Basaksehir, recebem os ingleses na derradeira jornada, enquanto os gauleses recebem os turcos, reduzidos a três pontos.

Emoção também na 'poule' F, com Borussia Dortmund de Ruben Guerreiro -- o lateral esquerdo marcou golo com remate na zona do ponta-de-lança - e Lazio a empatar 1-1, enquanto o Club Brugge venceu o Zenit por 3-0 e ainda sonha com a qualificação, embora na derradeira jornada visite os italianos.

O Dortmund qualificou-se com 10 pontos, mais um do que a Lazio e três do que o Brugge, que se defrontam em Roma, enquanto o Zenit soma unicamente um.

Cristiano Ronaldo, ao fazer uma emenda em cima da linha de golo, marcou o segundo golo do triunfo da Juventus por 3-0 sobre o Dínamo de Kiev, o mesmo resultado com que o FC Barcelona ganhou fora ao Ferencvaros, destacando-se um calcanhar de Griezmann a abrir o ativo.

O jogo da Juventus com o Dínamo Kiev ficou também na história por ter a primeira mulher a arbitrar um partida da Liga dos Campeões de futebol, com a francesa Stéphanie Frappart a dirigir a partida.

No grupo G os espanhóis têm o pleno de 15 pontos, os italianos, que visitam a Catalunha, 12, enquanto ucranianos e húngaros têm apenas um.

Olivier Giroud foi o goleador da noite, com um 'poker' que valeu a goleada do Chelsea por 4-0 em casa do Sevilha, com tentos aos oito, 54, 74 e 83, resultado que valeu o primeiro lugar aos ingleses, com três pontos de avanço para os espanhóis, ambos já apurados.

O Krasnodar venceu o Rennes por 1-0 e ficou com quatro pontos, contra um do adversário, garantindo a qualificação para a Liga Europa.

Football news:

Leandro Paredes: We want to see Messi at PSG, it's natural. I hope he will be with us
Kahn-Neuer: 196 dry matches! Congratulations, it was you who reached my record
Klopp on Liverpool's form: It is absolutely normal that such questions are asked. This level of pressure is a privilege
In the clinic, the salary is 25 thousand. This is a disaster. Doctor Shinnik's vacation: for 6 hours a day, he drove doctors to patients so that they did not walk
The Real Madrid management trusts Zidane and will give him time to correct the situation (Goal)
Milan defender Conti has moved to Parma on loan with a mandatory buyout for 7 million euros
UEFA on the Euro in one country: Each city will have its own scenario