Portugal

Exército britânico pronto para ajudar a distribuir combustível

Falta de camionistas provocou uma corrida aos postos de abastecimento, o que por sua vez criou a sensação de que o país ficaria sem combustíveis nos próximos tempos.

Os postos onde ainda há combustível têm longas filas de automobilistas EPA/NEIL HALL

O Governo do Reino Unido pôs o Exército britânico de prontidão para começar a distribuir combustível esta terça-feira, numa tentativa de aliviar a falta de 100 mil camionistas no circuito de distribuição que levou a uma corrida aos postos de abastecimento. O pânico em todo o território — que o Governo insiste em salientar que não está relacionado com uma escassez de combustível — provocou o receio de que o pessoal médico fique impossibilitado de chegar aos hospitais nos próximos dias.

Longas filas continuam a formar-se nos postos de combustível que ainda estão abertos nas principais cidades, embora dezenas de estações estejam já encerradas e com cartazes a informar que a gasolina e o gasóleo esgotaram.

Uma escassez de camionistas na sequência do “Brexit”, agravada pelas longas suspensões e proibições de circulação por causa da pandemia de covid-19, semearam o caos nas cadeias de abastecimento britânicas e criaram o receio de escassez e de aumento de preços até ao Natal.

O ministro da Energia, Kwasi Kwarteng, disse que um número limitado de militares — 150, segundo a BBC — foi posto em estado de prontidão para distribuir combustível.

“Embora a indústria acredite que a procura vá regressar aos níveis normais nos próximos dias, tínhamos de tomar esta medida sensata de precaução”, disse Kwarteng num comunicado.

“Se for necessário, o destacamento de militares irá fornecer capacidade adicional à cadeia de abastecimento, como uma medida temporária para ajudar a aliviar as pressões causadas por picos na procura de combustível.”

As longas filas têm sido palco de algumas cenas de violência entre os automobilistas. E o pânico instalou-se na quinta maior economia do mundo nas últimas semanas, à medida que a escassez de camionistas foi sobrecarregando as cadeias de abastecimento, e que um aumento nos preços do gás natural na Europa deixou empresas energéticas à beira da falência.

Sem soluções rápidas

O Governo britânico, as empresas de combustível e os postos de abastecimento dizem que há reservas suficientes, e salientam que foi a falta de camionistas para a distribuição, combinada com o pânico, que criou a actual situação.

A gravidade da situação é tal que a British Medical Association pediu que os profissionais de saúde tenham acesso prioritário ao combustível, para garantirem que os serviços de saúde possam continuar a funcionar.

A procura por combustível levou a que 50% a 90% das bombas tenham secado em algumas áreas, de acordo com a Associação de Revendedores de Combustível britânica, que representa 65% dos 8380 postos no Reino Unido.

“Muitos automóveis estão a levar mais combustível do que o normal, e esperamos que a procura regresse aos seus níveis normais nos próximos dias, aliviando as pressões sobre os postos de abastecimento. Encorajamos todas as pessoas a comprar combustível como normalmente o fariam”, disse a associação num comunicado.

No entanto, as transportadoras, os postos de gasolina e os revendedores dizem que não há soluções rápidas, porque o défice de camionistas — estimado em cerca de 100 mil — é muito significativo, e porque o transporte de combustível exige treino e licenciamento adicionais.

O Governo anunciou que também vai estender o prazo de validade das licenças específicas de veículos pesados que permitem aos camionistas transportar combustível.

Football news:

Messi attends the PSG - Angero match. Less than a day has passed since the Argentina - Peru game
Hazard, most likely, will not play with Shakhtar in the Champions League. He trained individually
One-Bissaka will be able to play with Atalanta in the Champions League. Manchester United's appeal against his disqualification was granted
Milan has extended the contract with the Belgian national team midfielder Salemakers until 2026. Salary - 2 million euros a year
Spalletti's Fiat Panda was stolen. The car was parked in the parking lot of the hotel where coach Napoli lives
Atletico President: The deals on Griezmann and Suarez have benefited Barca, our club and the players themselves
Sergio Aguero: Ronaldo is more of a striker than Messi. Cristiano scores, scores and scores