Portugal

FC Porto reage: "Um dos momentos baixos da história do futebol português"

Depois de graves incidentes ocorridos durante o jogo entre Vitória SC e o FC Porto, que levaram à saída, fruto de insultos racistas, de Moussa Marega, o FC Porto reagiu através de comunicado ao que chama de "crime".

Lembrando que este é um dos momentos mais baixos da história  recente do futebol português, os dragões mostram-se solidários com o avançado maliano.

"O FC Porto repudia e condena veementemente os comportamentos racistas desta tarde, que constituem um dos momentos baixos da história recente do futebol português", escreve o clube da Cidade Invicta.

Relembre-se que Marega abandonou o relvado aos 71 minutos de jogo, depois de marcar o golo (2-1) que acabaria por sentenciar o resultado final em Guimarães.

Comunicado do FC Porto

1. Toda a estrutura do FC Porto e os seus adeptos estão solidários com Moussa Marega, que foi levado a tomar uma atitude drástica na sequência de insultos racistas reiterados.

2. O FC Porto repudia e condena veementemente os comportamentos racistas desta tarde, que constituem um dos momentos baixos da história recente do futebol português e terão de ser devidamente penalizados.

3. O FC Porto manter-se-á na linha da frente da luta contra o racismo e os crimes de ódio e a sua equipa mantém a vontade de continuar a combatê-los no campo.