Portugal

FC Porto somou primeira vitória fora com equipas inglesas, mas em Espanha

Uma espetacular 'bicicleta' do iraniano Mehdi Taremi, aos 90+4 minutos, selou o triunfo dos 'azuis e brancos', no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha.

A vitória pela margem mínima não serviu, ainda assim, para colocar o FC Porto nas meias-finais da Liga dos Campeões, depois do desaire por 2-0 na primeira mão, no mesmo local, culpa dos tentos de Mason Mount (32 minutos) e Ben Chilwell (85).

Para efeitos estatísticos, o jogo de hoje foi fora e esta é assim, a vitória número 1 do FC Porto como visitante no reduto de um clube inglês, depois de três igualdades e 18 derrotas.

Os 'dragões' tinham conseguido 'empatar' duas vezes o Manchester United - a um golo em 2003/04, rumo ao segundo título europeu, e a dois em 2008/09, numa eliminatória que Cristiano Ronaldo resolveria no Dragão (0-1) - e uma o Liverpool (0-0 em 2017/18), após um 0-5 caseiro.

De resto, só acumulavam derrotas, a últimas das quais já em 2020/21, no jogo de estreia no Grupo C da Liga dos Campeões, no Etihad Stadium, onde o Manchester City se impôs por 3-1.

Após sete jogos e mais de 640 minutos sem conseguir sequer qualquer golo em solo inglês, o conjunto 'azul e branco' ainda se adiantou no marcador, graças a um golo do internacional colombiano Luis Díaz, apontado logo aos 14 minutos.

Mas, os comandados do catalão Pep Guardiola restabeleceram igualdade aos 20 minutos, num penálti do argentino Agüero, e marcaram mais dois tentos na segunda parte, pelo alemão Gündogan, aos 65, de livre direto, e o espanhol Ferrán Torres, aos 73.

Face ao Chelsea, o FC Porto acabou com uma série de quatro desaires, sendo que três tinham sido consumados face ao treinador português José Mourinho, que rumou aos 'blues' após conduzir os 'azuis e brancos' ao título em 2003/04.

Os ingleses, comandados pelo 'special one' venceram por 3-1 em 2004/05, na fase de grupos, e por 2-1 em 2006/07, após 1-1 nas Antas, nos 'oitavos', e, sob o comando do 'happy one', na segunda passagem pelo clube, por 2-0 em 2015/16, também na fase de grupos.

Pelo meio, o Chelsea, comandado pelo italiano Carlo Ancelotti, ganhou por 1-0 em 2009/10, também na fase de grupos.

Em Inglaterra, o FC Porto foi derrotado, no total, por nove equipas, sendo que, além do recordista Chelsea (quatro triunfos), também venceram mais do que uma vez os 'dragões' o Arsenal e o Liverpool (ambos três) e o City e o United (ambos duas).

Os 'dragões', que somam 12 golos marcados, contra 54 sofridos, também perderam uma vez com Newcastle, na primeira visita, em 1969/70 (0-1 na segunda mão da segunda eliminatória da Taça das Cidades com Feira), Wolverhampton, Tottenham e Leicester.

Leia Também: Acabou o sonho. FC Porto vence Chelsea, mas está fora da Champions

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Football news:

Griezmann spoke with Hamilton and visited the Mercedes boxes at the Spanish Grand Prix
Barcelona feels that Neymar used it. He said that he wanted to return, but extended his contract with PSG (RAC1)
Aubameyang to the Arsenal fans: We wanted to give you something good. I am sorry that we could not
Atletico did not lose at the Camp Nou. Busquets' injury is the turning point of the match (and the championship race?)
Verratti injured his knee ligaments in PSG training. Participation in the Euro is still in question
Neymar's contract in one picture. Mbappe wants the same one
Manchester United would like to sign Bellingham in the summer, not Sancho. Borussia do not intend to sell Jude