Portugal

Marega abandona o jogo devido a insultos racistas

Moussa Margega, jogador do FC Porto, abandonou, neste domingo, o jogo da I Liga frente ao V. Guimarães. O jogador maliano ouviu sons racistas vindos das bancadas do Estádio D. Afonso Henriques - imitações de macacos, segundo a imprensa no local - e, após alguns minutos de confusão no relvado, decidiu abandonar o terreno de jogo. O FC Porto venceu este domingo, por 1-2, no duro teste de Guimarães. 

Apesar das tentativas de demover o avançado, da parte de colegas e adversários, o jogador do FC Porto seguiu mesmo para o balneário, obrigando Sérgio Conceição a substituí-lo por Manafá, aos 71 minutos.

Veja as imagens do momento no vídeo em baixo.

No Twitter, a coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, reagiu: “Não sigo futebol, não tenho clube e raramente acompanho o que se passa nos jogos. Mas hoje adepta de Marega me confesso. Racismo não é opinião. É crime.”

No jornal desportivo espanhol Marca, o episódio é descrito como “um dos episódios mais vergonhosos da história” do futebol português.