Portugal

Marques Mendes: “Rio devia deixar-se de graçolas de café e ser menos arrogante e convencido”

Luís Marques Marques considera que quer o BE como o PSD deram um tiro nos pés na questão da taxa Robles e que esta foi uma grande semana do ponto de vista político para o Partido Socialista. “O PS deu um grande passo rumo à maioria absoluta”, frisou no seu habitual espaço de comentário político no “Jornal da Noite” da SIC, defendendo que a classe média assusta-se com mais impostos.

Mendes antecipa, por isso, que nas legislativas do próximo ano os portugueses vão optar pelo voto útil para evitar ter o BE no Governo. “O que o Bloco está a fazer com a taxa Robles é a ensaiar uma manobra de diversão para desviar as atenções do que se passou no verão”, acrescentando ser “mais um disparate do PSD” e uma precipitação de Rui Rio ter “acobertado a manobra do BE”.

O ex-líder do PSD afirma que Rio tem razão ao reconhecer que há um problema na habitação, mas que a falta de casas no mercado não se resolve “nem com mais nem com menos impostos”, mas criando incentivos. “Rio devia ouvir os especialistas e falar no devido tempo, em vez de entrar na demagogia e populismo”, referiu o comentador, sublinhando que no Conselho Nacional não foram só os “seus críticos tradicionais” a criticar o líder do partido, mas membros da sua própria direção.

Apesar dos 14 pontos que separam o PSD do PS nas sondagens, Marques Mendes salienta que é um disparate do tamanho da Torre dos Clérigos mudar a liderança do partido a um ano das legislativas. “Os mandatos devem ser levados até ao fim. A intenção de um congresso extraordinário para derrubar Rui Rio a um ano de duas eleições só acrescenta ruído e divisão”, defende, advertindo que o PSD precisa de tréguas e não de mais incendiários. Aos críticos, apelou a “um pouco mais de juízo”, mas a Rio deixou um recado claro: “O líder também tem de dar o seu contributo, sendo mais humilde, menos convencido e arrogante”, além de se deixar de graçolas de café – numa referência à tirada “estou cheiinho de medo” atirada pelo presidente do PSD aos seus críticos internos antes do Conselho Nacional.

Football news:

Flick about Lewandowski and the Golden ball: Why not? He laid the foundations
Jurgen Klopp: my two main Champions League favourites are Bayern and Manchester City
Cheryshev made an assist in La Liga for the first time since September
Muller of the victory in the German Cup: a Bit of a sad moment. There were no fans in this final
Lampard on 3-0 with Watford: a dry Win at home, three goals scored-Chelsea played very well
Pulisic on 3-0 with Watford: Chelsea needed this win. We are confident that we can get into the top 4
Rebic scored 9 goals for Milan in 11 Serie A matches