Portugal

Papa denuncia terrorismo que abusa da religião durante visita ao Iraque

"Hostilidade, extremismo e violência (...) são traições religiosas. E nós, os crentes, não podemos ficar calados quando o terrorismo abusa da religião. Pelo contrário, cabe a nós dissipar com clareza os mal-entendidos", disse Francisco diante de cristãos, muçulmanos, 'yazidis', zoroastrianos e sabeus.

Deve-se "caminhar do conflito à unidade" em "todo o Médio Oriente" e, "em particular, na Síria martirizada", pediu ainda o Papa Francisco durante a oração em Ur, considerado o local de nascimento de Abraão, que é uma referência para judeus, cristãos e muçulmanos.

Na sexta-feira, durante um discurso às autoridades em Bagdade, o Papa já havia mencionado a guerra na Síria, onde a guerra civil já matou mais de 387.000 pessoas nos últimos 10 anos.

Francisco pediu hoje também que "a liberdade de consciência e liberdade religiosa sejam respeitadas e reconhecidas em todos os lugares".

A agenda do Papa nesta visita inclui encontros com a comunidade católica, composta por 590 mil pessoas, cerca de 1,5% da população iraquiana, além de cristãos de outras Igrejas e membros de outras confissões religiosas e líderes políticos.

O Papa vai passar por Bagdade, Najaf, Ur, Erbil, capital do Curdistão iraquiano, Mossul e Qaraqosh.

Leia Também: Cristãos no Iraque deveriam viver em paz, disse al-Sistani ao Papa

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Football news:

Ancelotti's 2-2 win over Tottenham: One of Everton's best home games. The fate of entering the European Cup will be decided in the last game
Mourinho on Pogba's words about him: I don't care what he says. Not Interesting
Mourinho on Everton penalty: No comment. Having experience, I just laugh at such moments
Kane came out on the 7th place in the list of the best scorers of the Premier League. He has 164 goals
Yaya Toure sent Guardiola a letter of apology: I am waiting for a very long time for a response
Marcelino on the Spanish Cup: You can't win against Barca without suffering. They are used to winning finals
Koeman on the future: It's strange to have to answer such questions. We had a 19-match unbeaten streak