Portugal

Política habitacional da Câmara do Funchal enaltecida pelo PS

Eleições Autárquicas Madeira

O PS-Madeira enalteceu, esta quinta-feira, a política de habitação levada a cabo pela Câmara Municipal do Funchal, "com o intuito de dar melhores condições aos munícipes". Os socialistas visitaram, hoje o bairro dos Viveiros, acompanhados pelo presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, e pelo presidente da junta de freguesia de São Pedro, António Gomes.

Gonçalo Aguiar, secretário-geral do PS-M, sublinhou que a solução de vir nascer mais fogos habitacionais contribuiu para resolver um problema que já se arrastava há muitos anos, "designadamente o amianto na habitação social, uma vez que alguns destes moradores foram provenientes de bairros cuja construção apresentava estes componentes prejudiciais à saúde".

“Muito tem sido feito pela Câmara Municipal do Funchal ao nível da reabilitação, da dinamização e da construção de novas habitações sociais”, afirmou o socialista, frisando que a autarquia funchalense “é a entidade que na Região mais habitação social tem construído, o que demonstra o respeito pelo compromisso assumido com os cidadãos".

O dirigente aproveitou ainda a ocasião para frisar que isto é "um exemplo da marca dos municípios que têm o contributo do Partido Socialista na sua acção executiva, designadamente o exercício de mandatos com rigor, seriedade e o máximo respeito pela vontade popular, no sentido de tentar encontrar as melhores soluções". Isto, apesar de “aqui no Funchal termos uma oposição que tudo faz para bloquear a acção do executivo, chumbando orçamentos e medidas que poderiam ir ao encontro das necessidades das pessoas”, deu ainda conta. Gonçalo Aguiar sublinhou ainda que nos municípios onde o PS tem exercido a sua acção as pessoas vivem melhor.

O presidente da Câmara do Funchal e candidato às próximas eleições autárquicas, Miguel Silva Gouveia, destacou que a autarquia tem estabelecido como prioridade a melhoria das condições habitacionais, apontando o exemplo da resolução de situações precárias e de moradias que eram construídas em amianto.

“Foi esse um dos motivos que norteou todo o projecto ‘Amianto Zero’, que teve o seu início aqui no bairro dos Viveiros, sendo que, com uso exclusivo do orçamento municipal, sem qualquer apoio do Governo Regional ou do IHRU, conseguimos construir aqui 28 fogos para realojar as pessoas do bairro da Penha de França, construído integralmente em amianto”, explicou Miguel Silva Gouveia, acrescentando que, com o realojamento destes moradores, o bairro da Penha de França foi demolido, deixando de ser um problema de saúde pública.

Por outro lado, o autarca relevou também a importância da intervenção social por parte dos assistentes sociais da empresa municipal SociohabitaFunchal, pois, vincou, “não basta apenas ter condições, é preciso também apoiar, para que as comunidades se construam de uma forma saudável, justa, equitativa e em harmonia”.

Miguel Silva Gouveia realçou ainda o facto de os moradores também contribuírem para zelar pelo bairro, para conservar este complexo habitacional, o que é um exemplo de sucesso e que mostra que, “quando procuramos trabalhar em parceria com as juntas de freguesia, as empresas municipais e os moradores, temos sempre projetos que são vencedores, e este é um deles”.

Football news:

Bayern's match in the German Cup was postponed due to quarantine in Bremer
Shakhtar coach De Derbi on 2:1 with Genk: If we want to go further, we must play powerfully for the entire 90 minutes
Lewandowski admits that he will leave Bayern in a year. The striker has a contract until 2023
Kochenkov on moving to Arsenal: Shamov, Levashov are excellent goalkeepers, we will compete
Neville about Kane: He seems to be very annoyed, but this is not an excuse. It is impossible to justify a player missing training
Kovac about hooting at Tchuameni: We are devastated that this is still happening in the XXI century. We won the match against racism
Chelsea will offer Inter 120-130 million euros for Lukaku. The striker will be given a contract for 12 million euros a year