logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Portugal

Trânsito encerrado na VR1 entre Pestana Júnior e Santo António a partir de amanhã

Devido aos trabalhos de reparação e consolidação da parte superior das escarpas sobrejacentes ao emboquilhamento norte do túnel Dr. João Abel de Freitas, a cargo da Direcção Regional de Estradas, será necessário encerrar ao trânsito a VR1, entre o nó 12 (Pestana Júnior) e o nó 10 (Santo António), no sentido Machico-Ribeira Brava, entre os próximos dias 18 de Janeiro e 1 de Fevereiro.

Assim, conforme informa a VIALITORAL - Concessões Rodoviárias da Madeira, o trânsito estará cortado todas as noites entre as 21 e as 6 horas do dia seguinte, mantendo-se igualmente encerrado nos dias 19 de Janeiro e 26 de Janeiro (domingos).

Este condicionamento prevê ainda o encerramento dos ramos de entrada no nó 12 (Pestana Júnior) e no nó 11 (Santa Luzia), ambos no sentido Machico-Ribeira Brava.

Como alternativa a quem circula na VR1 no sentido Machico-Ribeira Brava a saída será obrigatoriamente no nó 12 (Pestana Júnior), seguindo a sinalização de rota alternativa em direcção à Estrada Regional 118 (Rua da Ribeira de João Gomes), Via 25 de Abril (Cota 40), Rua das Maravilhas e Caminho de Santo António, para retomar a VR1 no nó 10 (Santo António).

Em alternativa poderá também ser retomada a VR1 no nó 9 (Pilar), devendo para o efeito a circulação continuar pela Cota 40 e Estrada da Liberdade.

Num comunicado dirigido à comunicação social social, a VIALITORAL agradece “a compreensão dos senhores utentes para os incómodos que este condicionamento venha a causar, solicitando a colaboração no cumprimento da sinalização rodoviária existente no local”.

Na mesma linha, o secretário regional de Equipamentos e Infraestruturas, recorda que “esta intervenção é importante, porque visa conferir segurança a todas as pessoas que circulam neste troço de via rápida”, acrescentando que as faixas são encerradas durante as obras para que “os trabalhos decorram com a máxima segurança e cautela”.

Themes
ICO