Paraguay

Como o número de horas que dorme afeta a saúde do seu cérebro

Estudo indica que a quantidade de horas de sono pode impactar significativamente nas funções cognitivas de idosos

Os investigadores, explicam que o sono interrompido é um elemento comum que afeta pessoas de idade mais avançada e está diretamente ligado a alterações na função cognitiva, como no que se refere à capacidade mental de aprender, pensar, raciocinar, resolver problemas, tomar decisões, recordar e prestar atenção.

De acordo com o estudo, explica a CNN, mudanças no sono associadas à faixa etária foram igualmente relacionadas com sinais prematuros de demência e de doença de Alzheimer, depressão e patologias cardíacas. Como tal, os investigadores analisaram potenciais ligações entre a duração do sono, fatores demográficos e de estilo de vida, função cognitiva subjetiva e objetiva e níveis de beta amiloide, aquele que é um marcador da doença de Alzheimer.

Os voluntários que reportaram experienciar constantemente um período de sono breve, entre seis horas ou menos, apresentavam índices superiores de beta amiloide, o que “aumenta bastante” o risco de demência, disse por e-mail à CNN Joe Winer, o principal autor do trabalho, investigador de pós-doutorado na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Comparativamente a voluntários que relataram dormir entre sete a oito horas de sono por noite. 

Adicionalmente, os idosos com défice de sono também registaram um desempenho moderado a notoriamente pior em testes utilizados nessa faixa etária para avaliar habilidades cognitivas. 

Por outro lado, dormir muito, de nove a mais horas, também foi associado a funções executivas mais fracas, apesar desses indivíduos não apresentarem níveis superiores de beta amiloide.

“A principal lição é que é importante manter um sono saudável no final da vida”, explicou Winer.

“Além disso, tanto as pessoas que dormem muito pouco quanto as que dormem demais tiveram maior índice de massa corporal e mais sintomas depressivos”. 

Ou seja, de acordo com o investigador descobertas indicam que poucas ou demasiadas horas de repouso podem propiciar o desenvolvimento de processos de doenças subjacentes. 

Football news:

Infantino about the World Cup every two years, but with different teams: We need to think about it. It is necessary to expand the list of participants
FIFA will discuss calendar reforms and the World Cup every 2 years at a summit on December 20
Ceferin - Infantino about the World Cup every 2 years: The consequences can be terrifying. This is harmful for clubs and leagues, but they do not have the right to vote
Newcastle gives Dembele a salary of 15 million euros a year and a signing bonus of 15 million. Barcelona will not repeat this offer
Gianni Infantino: The enemies of football are not FIFA or the World Cup, but other youth activities. It is necessary to understand how to regain her Interest in the game
The last season when Barcelona did not get out of the group in the Champions League: a very strange coach, primal Rivaldo and crazy 3:3 with Milan
Valbuena about the intimate video: Benzema did not talk to me about money, but he was persistent. It was as if he wanted me to be afraid