Paraguay
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Os erros mais comuns quando compra e guarda o frango

É fácil de preparar, dá para várias combinações, mas não o deve deixar cru na geladeira durante mais de dois dias.

a mesma forma que o frango é uma proteína fácil de preparar e bastante versátil, pode ser também uma dor de cabeça no que diz respeito asa bactérias.

É importante que esteja cozido na perfeição, sem estar cru, ou que o transporte do supermercado até casa seja feito a uma temperatura adequada.

São vários os erros que se costumam fazer com esta carne. Conheça-os.

Não cozinhar o frango até que fique no ponto certo

Existem carnes onde não é um problema que fiquem mal passadas. Quando vai a um restaurante, nunca lhe perguntam o ponto que quer no frango. A razão é simples, uma vez que deve ser sempre bem cozido para evitar a criação de bactérias.

Notícias ao Minuto© ShutterStock 

Deixar muito tempo o frango cru no frigorífico antes de o cozinhar

“No máximo só deve cozinhar frango cru que foi deixado no frio até dois dias”, explica Lisa Yakas da NSF International. “Se o deixar por mais tempo pode ficar impróprio para ser consumido. Já no congelador pode ser deixado até nove meses”, continua.

Guardar no frio sim, mas não ao lado de alimentos já cozidos

É importante guardar a carne no frigorífico, mas convém saber onde a deixar. Neste caso as consequências podem ser para os outros alimentos. “Isto é um problema já que o frango ou os líquidos do frango podem acidentalmente cair noutros alimentos e transferir bactérias.”

Guardá-lo num saco de plástico ou embrulhar com película aderente pode ser uma solução para evitar este tipo de acidentes.

Guardar grandes quantidades de frango juntas no congelador 

Congelar o frango cru é sempre a melhor opção para guardar o prolongar o tempo em que pode ser consumido. Ainda assim, existem melhores formas de o fazer.

“Congelar uma grande quantidade de frango junta torna-se um problema quando quer descongelar apenas uma pequena parte”, diz Christopher Arturo do The Institute of Culinary Education, dos Estados Unidos.

“Pequenos pedaços congelam também de forma mais rápida e são mais fáceis de descongelar”, continua.

Notícias ao Minuto© ShutterStock 

Deixar frango cozido por muito tempo fora da geladeira

E não é só o frango cru que pode ser portador de bactérias. “Não deixe o frango cozido por muito tempo fora da geladiera. As temperaturas mais altas são o ambiente propício para o aparecimento de bactérias”, explica Caitlin Clark, do ‘Department of Food Science and Human Nutrition’, da Universidade de Colorado.

Trazer o frango à temperatura ambiente do supermercado para casa

Se a viagem entre o supermercado e a casa durar mais do que 30 minutos, é importante que o frango não seja deixado à temperatura ambiente durante a viagem. Trazer uma placa de gelo pode ser a solução.

“É um dos erros mais comuns que as pessoas fazem no regresso das compras. Colocá-lo a uma temperatura mais fria é o ideal para evitar o aparecimento de bactérias”, continua Caitlin Clark. Samonela e  E. coli costumam ser das mais frequentes.