logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo logo
star Bookmark: Tag Tag Tag Tag Tag
Angola

Nova directora da ONUSIDA empenhada em acabar com a epidemia do HIV/SIDA

16 Agosto de 2019 | 09h03 - Actualizado em 16 Agosto de 2019 | 09h03

Nova directora da ONUSIDA empenhada em acabar com a epidemia do HIV/SIDA

Nações Unidas - A nova directora da ONUSIDA, Winifred '' Winnie '' Karagwa Byanyima, do Uganda, assumiu na quinta-feira o desafio de poder pôr fim até 2030, a epidemia do HIV/SIDA, com humildade e paixão, informou a Prensa latina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

"É uma honra o  facto do principal representante das Nações Unidas, António Guterres, ter me pedido para dirigir a ONUSIDA, disse.

De acordo com um comunicado divulgado pelo gabinete do secretário-geral da ONU, a nova chefe da ONUSIDA substitui Michel Sidibé, que esteve à frente desse órgão por uma década e agora foi nomeado Ministro da Saúde e Assuntos Sociais do Mali.

Guterres agradeceu a Sidibé pela sua liderança na resposta global ao HIV/SIDA.

Byanyima contribuirá com a sua grande experiência e compromisso para aproveitar o poder dos governos, agências multilaterais, sector privado e sociedade civil, a fim de acabar com a crise do HIV/SIDA, indica o comunicado do mais alto representante das Nações Unidas.

A diplomata ugandense actuou como directora executiva da Oxfam International desde 2013 e, antes disso, trabalhou por sete anos como directora de Género e Desenvolvimento no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.

All rights and copyright belongs to author:
Themes
ICO